food
Leave a comment

Um domingo digno de um palácio no La Bauhinia

Domingo é dia de brunch, e a escolha de ontem foi o La Bauhinia, restaurante do palácio parisiense Shangri-la Hotel Paris – simplesmente a antiga residência do príncipe Roland Bonaparte, tá? – perto de Iéna. Um hotel digno de contos de fadas, e o brunch, comandado pelo novo chef étoilé da casa Christophe Moret, é de arrasar quarteirões.

A começar pelo décor do restô, uma mistura de influências asiáticas e francesas (o hotel pertence a um grupo asiático de hotelaria): o papel de parede verde-piscina tem motivos florais bem chineses, o piano Pleyel é dedilhado por um músico e cantarolado uma artista durante o brunch num ambiente familiar e gostoso.

86f034l

Vista da entrada do La Bauhinia / Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_3418

O Pleyel do La Bauhinia / Crédito: Cibele Maciet

 

O brunch começa com bebidas quentes (derretido à l’ancienne), sucos de frutas naturais e buffet de viennoiseries (pequenos pains au chocolat, pain aux raisins, croissants, tudo que eu adoro e engordo só de olhar) e, para quem gosta, charcuteries (linguiças, presuntos, etc). Em seguida, no menu, ovos de várias maneiras (Bénédictine, à plat, cocotte, poché…): escolhi uma coisa divina que é o « Parfait Croustillant piqué aux jus de truffe, nid de roquette » (com casquinha ao sumo de trufas e ninho de rúculas). O gosto de trufas é meio escondido, mas o ovo é de babar.

IMG_3433

Mesa de viennoiseries do brunch do la Bauhinia/ Crédito: Cibele Maciet

Em seguida, tem o buffet de delicinhas franco-asiáticas, como creme de fois-gras e salmão, sushis, creme de atum, tofu com legumes (que, eu, particularmente, não aprecio), entre outras cositas. Tem também a mesa de queijos, com uma boa dezena de tipos.

Mesa do buffet franco-asiático do brunch do La Bauhinia/ Crédito: Cibele Maciet

 

Mesa de charcuteries e queijos do brunch do La Bauhinia / Crédito: Cibele Maciet

Além de tudo isso, ainda tem o prato principal: escolhi o Fricassée d’agneau au curry rouge et riz parfumé à l’ananas (Fricassé de cordeiro com molho de curry e arroz perfumado de abacaxi), meio apimentado, mas uma delicia asiática digna de palácio parisiense 🙂 Para quem gosta de pratos apimentados, o La Bauhinia os classifica com uma ou duas pimentinhas no menu.

IMG_3435

Fricassée d’agneau au curry rouge et riz parfumé à l’ananas / Crédito: Cibele Maciet

 

Mas o que me encheu de alegria foi a mesa de pâtisseries de François Perret: de comer ajoelhado, rezando, assoviando e cantando. Atenção especial para um envelopinho de casquinha de chocolate que é crocante por dentro, uma coisa absurda de boa (na foto abaixo, ele não aparece).

A mesa « simplesinha » de doces do François Perret no brunch do La Bauhinia / Crédito: Cibele Maciet

O preço do brunch sai por 92 euros e com champanhe incluído por 128 euros. É um bom investimento, mas, no final, o saldo é credor 🙂

http://www.shangri-la.com/paris/shangrila/