lifestyle, travel
Leave a comment

Copenhague: guia de endereços da capital

Estivemos em Copenhague no final de semana do feriado de 14 de julho e posso dizer que essa cidade ganhou minha estima e amor (mesmo que o tempo estava meio estranho: calor de manhã e muito frio à noite, isso em pleno verão!). Limpa, linda (com gente mais linda ainda! Fiquei impressionada com a beleza alheia :), com pessoas educadas e sorridentes.

Sim, os dinamarqueses são super simpáticos, mesmo que no começo a gente tenha a impressão que não. A cidade tem violência zero, é super adaptada a cadeirantes e carrinhos de bebê, um sonho na vida de muita gente. E tem luz, ambiente, cheiro, cores, spots, ruelas incríveis. Esses dinamarqueses desenvolveram um savoir vivre invejável, se comparado a muitas cidades europeias.

É que o país deles funciona (mesmo que, para isso, eles tenham que pagar 65% de impostos todos os meses)! Detalhe bobo, mas que para mim diz tudo: eles têm banheiros públicos gratuitos com papel higiênico, sabonete, papel absorvente e MUITO limpos. Isso no meio de uma praça pública super movimentada.

Porto de Nyhavn

IMG_6068

Nørrebro é um bairro cheio de lojas e cafés cool, a little hispter

Essa fachada de açougue é o máximo: detalhe para o porquinho na gaiola

Bar cool do centro de Copenhague

IMG_6091

Detalhe da fachada do antiquário mais lindo do mundo

Confesso que achava que a Little Mermaid ficava no mar, perto de rochedos, mas não, ela fica mais perto de nóss do que se imagina 🙂

IMG_6179

Essas estátuas estão espalhadas pot toda Copenhague, são homens sentados, em pé ou perto do mar, escutando música em fones de ouvido

IMG_6071   IMG_6103 IMG_6146 IMG_6167 IMG_6160

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Preparei um pequeno guia de endereços que pudemos visitar na cidade (afinal foram só três dias – curtos mas interessantes):

Tiger: Loja com espirito design escandinavo a preços módicos. Tudo aqui custa muito barato e a ideia são produtos com desenho próprio, Made in China, mas com espirito dinamarquês. Tem de tudo: xícaras, bule de chá, maquiagem, bolsas, sacolas, bloquinhos, cadernos, chinelos, enfim, coisas que amamos! As lojas estão espalhadas por toda Copenhague e vale a pena uma passada. Eu arrematei quatro xícaras fofas e um porta doces – que eu queria há muito tempo. A origem da loja é dinamarquesa mas ela esta espalhada por todo o mundo.

3044882-slide-s-5-super-affordable-danish-home-decor-brand-tigerLa Vecchia Signora: Restaurante italiano (a quantidade de restaurantes italianos em Copenhague é gigante!) situado numa ruazinha perto do Porto Nyhavn. Pequeno mas com atendentes simpáticos e boas opções no cardápio (atenção, os preços em Copenhague são altíssimos, não se assuste quando receber a conta. Trata-se da terceira cidade mais cara do mundo…)

27095_115349455143088_759882_nCompras: As principais lojas de roupas bacanas estão no centro, na rua Strøget, a mais longa da Europa! Aqui estão Vero Moda, Only,Urban Outfitters, Topshop, H&M, Zara, COS, etc.

Ped-skyggePorto de Nyhavn: Aqui é onde se reúnem todos os turistas no verão e os dinamarqueses em busca de uma terrace e de bons drinks. Gente bonita se apinha nos vários bares e restaurantes com música ao vivo e uma deliciosa brisa do mar do Porto de Nyhavn.

você, ja foi a Copenhague? De que mais gostou?