All posts filed under: travel

O espírito cool de Chamonix (PT)

Olá, meus queridos viajantes, Ano passado tive a oportunidade de conhecer a cidade de Chamonix Mont-Blanc, na região dos Alpes franceses, um pouco antes das festas de fim de ano. Como boa brasileira que sou, não aprendi a esquiar na infância como os europeus,  mas felizmente descobri a marcha nórdica que me não me deixou ficar com cara de loser nas montanhas. Mas, ainda assim, o local é um destino low budget e, melhor, sem a ostentação típica de outras estações, ideal pra todo tipo de turista. Vale super a pena a visita! A cidade, no departamento da Alta Savóia, fica a seis horas de Paris e é próxima da fronteira com a Itália e a Suíça. Pequenininha, é um charme nessa época do ano (apesar de a neve ter chegado por lá duas semanas depois da minha partida e de a cidade também funcionar muito bem no verão, com temperaturas de 30 graus e várias atividades como a escalada, por exemplo), com seu mercado de Natal no centrinho, suas lojas típicas, a gastronomia local (raclettes, tartiflettes, fondue, …

Restaurant Emiliano: Italy Revisited

When I was on holiday in Brazil a month ago, I got to know the restaurant of Hotel Emiliano, at Oscar Freire street, in « Sampa ». It has been a long time since I wanted to visit the place and test the kitchen’s new chef, Andrea Montella, in office since January. From Milan, he bets on Italian cuisine with contemporary revisited classics like Agnoloti Dal Plin with butter sauce and salvia and Spaghetti Carbonara with seafood. The hotel, for those who know, it’s modern, clean, and the restaurant, with a vegetal wall, has high ceilings and tables with intimate lighting for dinner, which already pleases right away. Good service, discreet, perhaps a little too present, what bothers in the end. To start, complimentary champagne glasses, I like it, very cool! With starters to track like confit onions, salted butter and burrata in olive oil with delicious breads. Suddenly arrives on my table a novelty from the chef, a Terrine of foie gras with mango sauce, very good, I liked the mix. I asked the delicious Fresh …

Les Étangs de Corot: an impressionistic moment

This weekend I went to visit Les Étangs de Corot, a charming four star hotel with impressionism ambiance across Villa d’Avray region (historic heritage) near Versailles and 15 minutes from Paris. With a spa Caudalie, it had been a while that I wanted to visit it. A nice region of lakes known to have housed various artists after centuries, is a calm site, bucolic and perfect for jogging or make a picnic on the edge of its calm waters. Starting with the Caudalie spa, in which I’ve tested the classic Modelage Caudalie, which is simply à tomber! It tones the muscles and energiez the body, very good. Overlooking the étangs (lakes), the location is really privileged by silence, nature and the Caudalie products … I’ve noted a huge ten! In the evening I went to test Le Corot (name of one of the first Impressionists), restaurant with a macaron in Michelin. Guided by Chef Rémi Chambard, which prepares dishes that look like paint screens. I opted for the tasting menu « Menu en quatre étapes » with …

Testei e recomendo: o spa do Hotel Bulgari de Milão

Durante minhas últimas férias, no mês de agosto, passei por Milão e Alassio, na Itália, e Nice, na Côte d’Azur. Muitos me perguntaram: « E aí, que tal Milão »? Bom, vamos à realidade: não vá até lá achando que vai encontrar uma cidade-museu como Roma ou Veneza. Milão não tem especialmente uma beleza arquitetônica flagrante – alguns até, pasmem, dizem que é uma cidade sem alma. A cidade tem detalhes muito especiais, como o afresco A Última Ceia, de Leonardo da Vinci – escondido, mas nem tanto, no antigo refeitório do convento Santa Marie delle Grazie -; e o belíssimo Duomo, com sua visão espetacular a partir da Piazza del Duomo. Também por lá, a Galleria Vitorio Emanuelle II; com suas lojas históricas da Prada e Versace; a Pinacoteca di Brera, que abriga também a escola de Belas Artes; o Teatro alla Scala e seus espetáculos históricos; a modernidade da Fondazione Prada, entre tantas outras maravilhas. Mas o que me chamou a atenção em termos de bem estar e beleza foi o hotel Bulgari, um hot spot …

Copenhague: guia de endereços da capital

Estivemos em Copenhague no final de semana do feriado de 14 de julho e posso dizer que essa cidade ganhou minha estima e amor (mesmo que o tempo estava meio estranho: calor de manhã e muito frio à noite, isso em pleno verão!). Limpa, linda (com gente mais linda ainda! Fiquei impressionada com a beleza alheia :), com pessoas educadas e sorridentes. Sim, os dinamarqueses são super simpáticos, mesmo que no começo a gente tenha a impressão que não. A cidade tem violência zero, é super adaptada a cadeirantes e carrinhos de bebê, um sonho na vida de muita gente. E tem luz, ambiente, cheiro, cores, spots, ruelas incríveis. Esses dinamarqueses desenvolveram um savoir vivre invejável, se comparado a muitas cidades europeias. É que o país deles funciona (mesmo que, para isso, eles tenham que pagar 65% de impostos todos os meses)! Detalhe bobo, mas que para mim diz tudo: eles têm banheiros públicos gratuitos com papel higiênico, sabonete, papel absorvente e MUITO limpos. Isso no meio de uma praça pública super movimentada.     …